Seja o primeiro a comentar esse post.

Gostou, não gostou... deixe seu comentário.

12 de mar de 2012

Tá namorando?!


  Tá namorando?  Essa pergunta me persegue já faz um tempo viu?!  Geralmente ela sempre surge quando encontro um conhecido, um colega, um amigo ou parente. É muito engraçado ver a expectativa das pessoas com a minha resposta. Sinto a impressão, na maioria das vezes, que decepciono algumas delas.  E isso me faz pensar o que tem de errado com um simples “Não!”.
   Acho intrigante a reação de espanto, da maior parte, dos questionadores. Alguns parecem sentir pena, outras falam que eu tô ficando velha e que não posso escolher muito, que tenho que tomar uma atitude, outras chegam a pensar que sou problemática, e outras que simplesmente aceitam.
   Por muitas vezes eu até concordo com o que falam, mas logo depois o meu Espírito fala bem mais alto. E o que Ele fala?! Fala que a minha vontade não se compara com o que Deus planeja pra minha vida! Fala que a minha ESPERA vai valer muito a pena! Fala que o meu Deus é Fiel! E que o tempo de Deus é necessário! Deus está moldando o meu caráter e o do meu Digníssimo. E quem sou eu para apressar o Senhor?! A minha alegria é saber que Deus é quem vai cuidar do meu relacionamento, que Ele é quem vai ser o elo. “Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é oELO perfeito.”  Colossenses 3: 14
   É lamentável ouvir esse tipo de pergunta quando, na verdade, existe umaCOBRANÇA declarada no tom da voz. É chato! Mas eu gosto muito quando tenho a oportunidade de declarar a minha filosofia.  Vou tentar deixar aqui uma pequena expressão do meu parecer!
   O que me deixa triste é perceber o quanto as pessoas usam a desculpa do namoro para suprir“Carência”. E o pior é que muitas vezes a motivação do coração não é, nem de longe, bem intencionada. Toda vez que vejo as atualizações, relacionadas a relacionamento, nas redes sociais, fico “Passada!”. É uma inconstância tão grande, um termina e volta doido, ou então o famoso bordão: “Tô em outra!” logo após um término de namoro, fala sério! Prefiro não passar por isso.
   Eu acredito no casamento e acredito no namoro como primeiro passo para o acontecimento de um. Acho muito incoerente um namoro que começa só porque o “sujeito” não quer ficar sozinho. Principalmente quando a criatura não tem “Estrutura” nenhuma para assumir tal responsabilidade, e quando falo de estrutura, falo de estrutura mental, física e Financeira.
   De que adianta passar tantos anos com alguém se você não tem condições de casar e sustentar uma família?! Assim você acaba se sujeitando aos desejos da carne, e corre um sério risco de ceder. O problema é que o relacionamento está banalizado! Desvalorizado! Até mesmo por quem tem o dever e a responsabilidade de ser exemplo. Triste!
   Aqui expus a minha opinião, com certeza muitos discordam e isso é extremamente natural. Tenho um conceito formado, mas não posso afirmar que não irei mudá-lo, embora não pretenda. Alguns enxergam como pensamento Radicalista, e eu só como Opinião! Acredito ser o melhor para mim! Acredito que quando espero afirmo, sem proferir palavras, que Confio em Deus! 


Fonte: Gospel Girls

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...